sexta-feira, 25 de março de 2011

SÃO SEBASTIÃO


SEBASTIÃO, considerado defensor da Igreja, nasceu em Narbonne, cerca de 256 d.C., ingressou no exército, e, dado sua capacidade, tornou-se estimado pelos imperadores Diocleciano e Maximiano; ignorando tratar-se de um cristão, designaram-no Capitão da Guarda Pretoriana.


San Sebastiano 2º Piero della Francesca

Dioclesiano, sentindo-se traído por seu soldado de confiança, num tempo em que os cristãos eram perseguidos, condenou-o à morte. Levaram-no para um campo aberto e os arqueiros da Mauritânia o flecharam, e, tendo-o por morto, jogaram-no ao rio; este sendo encontrado, foi socorrido por (Santa) Irene, que cuidou de suas feridas.

Recuperado, Sebastião se apresenta ao imperador Diocleciano, dando testemunhos de sua fé em Cristo; este, estarrecido ao ver em sua presença aquele que deveria estar morto, ordena o espancamento até a morte. Não tendo morrido com o espancamento é transpassado por lança, cerca de 286 d. C...

Nas Flechadas, o Discípulo Relembra o Mestre

As obras, acervo do MAAS - Museu Arquidiocesano de Arte Sacra, são releituras de San Sebastiano, particolare del Polittico della Misericordia (1445, Museo Civico, Sansepolcro), do pintor e matemático Piero della Francesca, que pertenceu ao Quattrocento, segunda fase do movimento renascentista italiano.
O MAAS conserva uma das mais importantes coleções de arte sacra brasileira, com mais de 4.300 peças, sendo a maioria do período barroco, incluindo objetos religiosos que vieram para o Brasil com a vinda de D. João VI.


Os Anjos Suportam Sua Dor

MAAS - Museu Arquidiocesano de Arte Sacra
Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro
Av. República do Chile, nº 245 – Centro
Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O monólogo do artista passa a estabelecer diálogo com o público quando sua arte é comentada...