terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Vida na Morte e Morte na Vida

A Passagem Albina, 2011, Acrílica sobre Tela, 100x100cm.

Vi viúvos e vi noivas desconsoladas...
Órfão chora cadáver no caixão.
Aflição no sepulcro do irmão.
Mãe, madre e madrinha desesperadas...

Dores lançadas, flechas atiradas;
Atingem o alvo do coração.
Fria, a morte sem consolação;
Mas, e as verdades comprovadas?

Existe morte, após a vida?
Resposta da razão ou da insanidade?
Só ida? Voltamos da louca partida?

Ideia, felicidade da humanidade,
Esperança ainda não perdida,
Acalma a alma: a da imortalidade!
.