domingo, 24 de abril de 2016

BADALADAS CERTAS E ERRADAS (efeitos físicos)


Relógio trazido por Sai Baba, na forma Jota (frase 469)





Frase 849 - 17.04.2016: Convidei algumas pessoas (relacionadas à frase 848), para lancharmos na minha residência e conversarmos mais sobre Jota (469) e alguns objetos, que Ele me trouxe. A médium, neste dia, viu alguns pintores espirituais e novamente viu Sai Baba, na forma de Shirdi, Sua encarnação anterior (Sobre Suas encarnações, ver frases 105, 231 e 232). Relatei o que já falara em público e escrevi na frase 800. O relógio, trazido por Jota, estava parado, fui dar corda e pedi para filmarem. Todos sabemos que para haver alguma manifestação mediúnica (física ou intelectual) é necessário a presença dos espíritos; e ao solicitar que filmassem eu esqueci o mais importante, pedir ao Sai Baba para realizar esta leela (brincadeira divina e instrutiva). Ou seja, médium nenhum no mundo pode dar garantia de êxito, já que não é o médium a causa do efeito e sim a mente espiritual que o comanda. Foi engraçado, mas mesmo sem eu pedir, Sai Baba não me decepcionou na frente destes amigos. O comum deste relógio é bater errado enquanto estou acertando a hora, após dar corda, depois ele se corrige "sozinho" (sem a ajuda física de ninguém) e se mantém correto, enquanto tem corda.


Frase 800 - BADALADAS - Duas amigas estiveram em minha casa por poucos dias, então uma delas me perguntou se o relógio (trazido por Jota, frase 469) estava com defeito e eu disse que não, pois eu é que na pressa cotidiana não dou corda a ele. Fui ajustar o ponteiro da hora, que estava parado próximo ao número 5, sendo que quando o ponteiro de minutos passa pelo 6, bate uma única vez. Com o ponteiro dos minutos nada aconteceu, mas com o das horas aconteceu assim: No 5, soaram 3 badaladas, no 6, soaram 5 badaladas, no 7, soaram 3 e a partir do 8 regularizou, pois soaram 8 badaladas e manteve o número correspondente e continua certo. Eu já havia reparado isso várias vezes e minha mãe também, até com mais de 12 badaladas, inclusive quando já está com corda, depois volta ao normal, chega a ser bem engraçado, essa leela ou lila (ver 400, 139 e outras). Outras pessoas também já testemunharam este tipo engraçado de fenômeno físico.

Frase 658 - DEUS LOKI: Na despedida deste 07.11.2014, Sai Baba, na forma Jota (469) me perguntou, quando fui amarrar o cadarço do tênis que uso com mais frequência, se o mesmo estava desamarrando toda hora. Sim, concordei. Na verdade eu já estava achando que Sai Baba colocou uma espécie de cera que não segura o laço. Muito além da seriedade que marcam Suas décadas na Índia, Ele, amor e carinho potencial, faz de tudo para agradar Seus devotos. No meu caso em particular Ele sabe o quanto gosto, fora as maldades, das brincadeiras que são inocentes atribuídas ao Deus Loke. Em razão disto, mentalmente Ele já havia me dito que faria algumas pequenas brincadeiras, como derrubar algum objeto, o que acontece não somente a partir de minhas mãos, mas, por exemplo, de uma prateleira de supermercado, sem o alcance de minhas mãos. É sabido nos meios espiritualistas que este tipo de brincadeira espiritual é realizada por espíritos de baixa categoria evolutiva, mas neste caso Ele apenas quer me mostrar o quanto me ama, o quanto me conhece, claro que é extensivo a cada pessoa da humanidade encarnada ou não. Independente de serem lilas (brincadeiras divinas) instrutivas, fazem-me um bem incalculável, saber que nunca estou só na multidão.

SE A VIDA É ALEGRIA, O ESPIRITISMO, ASSIM COMO QUALQUER OUTRA RELIGIÃO, DEVE SER MOVIDO PELA ALEGRIA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O monólogo do artista passa a estabelecer diálogo com o público quando sua arte é comentada...